3 de dezembro de 2020

«O Pai Natal constipou-se» - Luísa Ducla Soares

Querem ouvir a história «O Pai Natal constipou-se» da escritora Luísa Ducla Soares, declamada pelo escritor José Fanha?

Então cliquem na ligação seguinte: https://www.cantodascores.com/literatura-infantil

Esta é história do mês de dezembro, na editora Canto das Cores.


1 de dezembro de 2020

Trabalho de Projeto: Os Sistemas Do Corpo Humano – Turma 6

 

Durante o mês de novembro a turma 6 realizou vários trabalhos de projeto sobre os sistemas do corpo humano, nomeadamente: Sistema Digestivo, Sistema Circulatório, Sistema Respiratório, Sistema Urinário e o Sistema Reprodutor.

Estes trabalhos necessitaram primeiramente do preenchimento de uma gelha e só depois é que passaram à parte das pesquisas. As pesquisas passaram pelos registos, pela recolha de fotografias e pequenos vídeos.

Foi também necessário existir vários diálogos entre os colegas de grupo, organização da informação e preparação para apresentarem as comunicações à turma.

Foram dias bastante produtivos com muita aprendizagem e entusiasmo. Os resultados foram bastante positivos!


Turma 6




 

30 de novembro de 2020

Fomos experimentar (Semana da Ciência) - turma 6

 

No dia 26 de novembro, nós fomos ao polivalente realizar três experiências: um “vulcão”, eletricidade natural e observámos através de lentes binoculares três substâncias (areia, giz e o sal grosso).

Para o vulcão entrar em erupção foram necessários os seguintes materiais: vinagre, detergente e bicarbonato de sódio.

Em seguida, misturou-se o detergente com o bicarbonato de sódio num copo de plástico, depois colocou-se o vinagre no copo do vulcão e começou a sair espuma branca a imitar a lava verdadeira do vulcão. Isto aconteceu, porque o bicarbonato de sódio junto com o vinagre faz uma reação química.

Para obtermos eletricidade natural foi necessário utilizar os seguintes materiais: três limões, três moedas de cobre, três parafusos de zinco, três fios elétricos de cobre e um led (lâmpada).

A seguir foi necessário fazer dois cortes paralelos e colocar as moedas e os parafusos. Depois, enrolou-se os fios às moedas e aos parafusos e juntou-se as pontas dos fios e o led acendeu. O led acendeu, porque o ácido do limão em contacto com o metal gerou eletricidade natural.

Na observação através das lentes binoculares (microscópios), observámos a areia, o giz e o sal grosso. A areia era idêntica aos diamantes, o giz parecia nuvens, asteroides, montanhas e bolas de neve. O sal grosso era semelhante a pedras preciosas, cristais e montanhas de neve.

Neste dia, sentimo-nos uns verdadeiros cientistas!

Gostamos muito de participar e gostávamos de repetir.

 

(Texto coletivo – 3.º ano Turma 6)

A nossa visão (Semana da Ciência) - Turma 05

       Depois de realizarem as experiências durante a Semana da Ciência, os alunos da turma 5 fizeram o balanço das atividades. Ficou assim:


A nossa visão

       Ao observarmos a lupa binocular com as pedras de sal fez-nos viajar até à Antártida, devido à cor e à forma das mesmas.

       É incrível como a areia tão fininha tem tantas pedrinhas de diferentes cores e formas.

       O cilindro de giz ao partir-se os seus bocadinhos parecem rochas pontiagudas que com os nossos olhos não conseguiríamos ver.

       Tivemos dificuldade em ver a luz do led, porque este era muito pequeno.

     Foi divertido ver o vulcão entrar em erupção, mas esperávamos uma explosão maior. Contudo, valeu a pena realizarmos estas experiências, foi mais uma forma de aprendermos.


Turma 05

Semana da Ciência

A Semana da Ciência, na nossa escola, decorreu ao longo da semana passada.

Além das atividades que realizámos com a colaboração do Centro de Ciência Viva, no dia Mundial da Ciência, também pudemos realizar três experiências muito interessantes com os nossos professores:

Observação de materiais na lente binocular (areia, sal e giz), Circuito elétrico e o Vulcão em erupção.

Para cada uma delas, tínhamos uma folha de registo para registarmos as nossas hipóteses, o que observávamos e as conclusões a que chegámos.


Observação de materiais na lente binocular (areia, sal e giz)






Circuito elétrico




Vulcão em erupção



É tão bom experimentar, descobrir e aprender a compreender melhor o mundo que nos rodeia!






24 de novembro de 2020

Dia Mundial da Ciência

 Esta semana somos uma escola de cientistas. Estamos a “viver” a “Semana das Ciências”.

Ao longo dela, vamos realizar diversas atividades e trabalharmos o nosso raciocínio experimental.

Mas hoje foi um dia importante: “O Dia Mundial da Ciência”. Por isso, vieram à nossa escola os comunicadores de ciência do Centro de Ciência Viva de Lagos, para um dia diferente, “super científico”.

Realizamos três atividades diferentes. A primeira, chamava-se “Ação Lixo Marinho” e, com a ajuda da Diana, percebemos a gravidade da situação do lixo no mar, principalmente os plásticos. Aprendemos a distinguir os diferentes tipos de plástico e a ler as etiquetas que os identificam.


A seguir, com o Ricardo, “mergulhamos” no mundo da robótica, observando vários tipos de robots e como se programavam. 

Também percebemos como, por exemplo, os aspiradores inteligentes evitam os obstáculos. 

Transportamos diferentes tipos de resíduos para o ecoponto certo com os pequenos robots.

 No final, descobrimos como os peixes, e outros animais marinhos, acabam por ingerir plástico em vez dos seus alimentos naturais (igualmente com a ajuda de um “simpático” robot.)

Finalmente, com a Sara, observamos as ossadas e conchas de diferentes criaturas marinhas. 


A mais espetacular foi, sem dúvida, a cabeça de um tubarão.




No final, comprometemo-nos a defender os oceanos e todos os seres vivos que nele habitam e fomos nomeados “Guardiões do Oceano”.

Muito obrigado ao Centro de Ciência Viva de Lagos pelo dia espetacular e divertido onde, de uma forma prática e interativa, aprendemos muitas coisas novas e recebemos a grande responsabilidade de espalhar a mensagem de defesa e proteção dos oceanos, porque é essa a principal missão de um guardião.